respigar

1 Dec 2014




Não me quero gabar, mas cada vez gosto mais do nosso logótipo. Ao vê-lo desdobrado em etiquetas, postais, cartões e autocolantes, o desenho ganha corpo, a marca torna-se uma identidade. 

O mérito não é meu, mas partilhado com a excelência tipográfica do Catálogo da Fundição Tipográfica Manuel Guedes, cujo exemplar me foi emprestado, há uns anos atrás, pela querida Alice Bernardo.



Na verdade, fui só respigar desenhos aos melhores designers de há umas décadas atrás.

A Maria Amélia, essa, existiu. Mas as que nós imaginamos só vive nos sonhos.
Visitem-nos aqui www.mariamelia.com

No comments:

Post a Comment