Cesto do pão

4 - fevereiro - 18 copy.jpg
4 - fevereiro - 17 copy.jpg

A dedicação ao pão foi um dos argumentos para vários produtos que nos propusemos a desenvolver, mas tudo começou com uma simples cesta em vime. Comecei as minhas primeiras experiências com o pão de massa azeda (ou massa-mãe) na primavera de 2016, mas só no final desse ano é que comecei a obter pães redondos e bem fermentados, com bom miolo e um nível de acidez equilibrado. Foi uma viagem que partilhei com a Teresa Leonor e a Matilde Viegas, curiosas dos rituais da comida que se faz em casa, que quiseram saber mais sobre este processo e até registá-lo em imagens, e que deram algum sentido àquilo que eu fazia intuitivamente.

No verão desse ano comentei com a Alexandra como era ideal poder ter os meus próprios cestos de vime com forro de linho para a fermentação do pão — e concluímos que essa peça poderia ser ideal para um futuro produto da Mariamélia.

4 - fevereiro - 15 copy.jpg
4 - fevereiro - 16 copy.jpg

Contávamos já com um contacto de um cesteiro do Minho, e mais tarde, juntamos esforços na tentativa de conceber um forro que fosse amovível (com um elástico) e se adaptasse idealmente àqueles cestos de vime. Um produto muito simples, aparentemente, que desenvolvemos ao longo de um ano inteiro! As imagens são do início deste ano, quando registei o primeiro protótipo do cesto de fermentação, costurado pela Alexandra, na sua máquina de costura errante.

Depois de várias experiências — desde o tipo de tecido aos acabamentos — que levaram vários meses a “apurar”, conseguimos chegar a um protótipo ideal, que replicamos com ajuda que quem melhor domina a costura (e os bons acabamentos). Não poderíamos estar mais contentes com esta peça! Esperemos que gostem dela tanto como nós.

Na calha, temos algumas ideias para variações desta peça, que se adaptem às rotinas do padeiros de trazer por casa mas também dos que se aventuram agora no seu próprio negócio. Para estes últimos estamos a desenvolver mais alguns produtos, muito específicos para os novos padeiros do pão de fermentação natural. Fiquem atentos!